Upsss que tropeças ó meu!

Um engravatado entra na lojinha do Abdul, no Martim Moniz em Lisboa, e olha com desprezo para o balcão escuro, as roupas penduradas em ganchos e o chão de tacos de madeira. Ao deparar-se com esta situação, o Abdul irrita-se com o desprezo do tipo, e resmunga:
– Está a olhar para a loja do Abdul com cara de parvo porquê? Com esta lojinha, Abdul tem apartamento em Cascais, tem apartamento em Algarve, tem casa no Chiado, tem quinta no campo, tem filho a estudar medicina nos Estados Unidos, tem filha estudando moda em Paris, tudo só com lojinha!
O tipo vira-se e diz:
– O senhor sabe quem eu sou? Eu sou o fiscal das Finanças!
– Muito prazer! Eu Abdul, maior mentiroso do Martim Moniz…

Soletra vai…

– Oi linda, você é uma querida, qual é mesmo o seu nome?
– Raimunda.
– Em que é que você trabalha?
– Artesanais.
– Em madeira, pedra ou metal?
– Poxa, mi disculpa… tenho de separar as duas palavras, tudo junto fica esquisito!!!

Ejaculação precoce?

Um jacto está a descer desgovernado.
Graças à habilidade do piloto, consegue pousar no meio de uma estrada pouco movimentada.
Passado o pânico, os passageiros começam a descer normalmente.
Tudo parece resolvido, quando um taxi desgovernado atropela seis passageiros.
Quatro morrem.
Preso, o motorista vai ao interrogatório:
– Então, o piloto do avião evita uma catástrofe e você mata quatro passageiros! Como é que não viu aquele enorme avião a jacto no meio da estrada?
– Pois é muito simples… Os meus últimos clientes foram um casal de jovens. Eles entraram no taxi e começaram o maior “amasso” que eu já vi, mas eu estava com 100% de atenção ao trânsito.
– Sim, e o que é que isso tem a ver?
– Bem, ele tirou a blusa dela e encostou-se aos seios dela, e eu só alí no espelhinho, 90% de atenção ao trânsito, depois ela abriu o fecho das calças e caiu de boca no rapaz, e eu alí 40% de atenção neles e 60% no trânsito.
– E daí?
– Bom, mais ou menos alí, perto do quartel ela levantou-se. Deus me livre não é? Olhei pelo espelho, e reparei que ela tinha apontado o instrumento do rapaz para a minha nuca, então eu fiquei com 90% de atenção neles e 10% no trânsito.
Nesse momento o rapaz levantou-se um pouco, olhou para mim e gritou:
– Olha o jacto!!!
– A única coisa que pude fazer foi baixar a cabeça…

Mais vale qualidade que quantidade

– Ontem à noite fiz amor com a minha mulher quatro vezes seguidas – disse o algarvio – e de manhã, ela fez um delicioso crepe e disse que me amava muito.
– Ah, ontem à noite fiz amor com a minha seis vezes – resposta do lisboeta – e de manhã, ela fez uma deliciosa omeleta e disse que eu era o homem da vida dela.
Como o alentejano ficou calado, o algarvio perguntou:
– Quantas vezes é que fizeste amor com a tua mulher ontem à noite?
– Uma – respondeu o alentejano.
– Só uma?! – exclamou o lisboeta
– E de manhã, o que é que ela disse?
– Na pares!

Atenção à lista de tarefas

Antes de iniciar o voo, ao microfone, o piloto cumprimenta os passageiros:
– Senhores passageiros, por favor, apertem o cinto, pois vamos descolar.
Minutos depois:
– Atenção Srs. passageiros, estamos a dez mil pés de altura, em velocidade de cruzeiro, tranquilo, podem relaxar, soltar os cintos, chegaremos ao destino a horas, tenham uma boa viagem…
O piloto esquece de desligar o microfone e continua falando com o co-piloto:
– Bem, vou accionar o piloto automático e enquanto os idiotas lá atrás curtem a viagem, vou tomar um cafezinho, fumar um cigarrinho, vou fazer um cócó e depois dar uma boa queca na boazona da hospedeira…
Percebendo a gafe, a hospedeira corre em direcção à cabine para o avisar mas tropeça no corredor e cai ao lado de uma senhora, que lhe diz:
– Calma minha filha… Ele vai fazer cócó primeiro…