Joãozinho Contra-ataca!

A professora pergunta aos seus alunos :
– Se existem 5 passarinhos num ramo e atirarem e matarem um, quantos sobram ?
– Nenhum – responde o Joãozinho.
A professora fica surpresa com a resposta :
– Nenhum ?
– Claro… com o barulho do tiro todos levantam vôo !
– Bem, não era essa a resposta que eu esperava, mas gosto da tua maneira de pensar !
– E agora, posso fazer-lhe eu uma pergunta ? – Pediu Joãozinho.
– Pode, Joãozinho.
– Estão 3 mulheres sentadas num banco a comer sorvete. Uma está lambendo, outra está chupando e a terceira está mordendo. Qual delas é a casada?
A professora fica vermelha, mas responde, timidamente :
– A que está chupando?
– Não, a casada é a que tem a aliança no dedo, mas eu também gosto da sua maneira de pensar ….

Ao entrar na sala de aula, a professora vê um pénis desenhado no quadro.

Sem perder a compostura, apaga rapidamente o desenho e começa a aula.
No dia seguinte, o mesmo desenho, só que ainda maior.

Ela torna a apagá-lo e não faz nenhum comentário.
No terceiro dia, o desenho já ocupa quase o quadro inteiro;

Por baixo ela lê a seguinte frase :
‘Quanto mais esfregar, mais ele cresce !’

Como trabalho de casa a professora pede para os alunos fazerem uma rima.
No dia seguinte ..
– Diga a sua rima, Joãozinho ?
– Lá vem o canguru com uma flor no cu.
Indignada, a professora manda-o refazer a rima. No fim da aula ..
– Joãozinho, diga novamente a sua rima
– Lá vem o canguru com uma flor na bochecha, porque no cú a professora não deixa.

A professora pergunta ao Joãozinho :
– Quantos tomates pode o mesmo tomateiro dar ?
– Não sei, professora …
E com ironia ela diz :
– Hoje apanhei-te, espertinho !
Então o Joãozinho também faz uma pergunta :
– Professora, quantas tetas tem uma porca ?
– Não sei, Joãozinho ..
– Está a ver, a senhora apanhou-me pelos tomates, eu apanho-a pelas tetas!!!

A professora pergunta ao Joãozinho :
– Joãozinho, qual é o tempo verbal da frase :

‘ Isso não podia ter acontecido’ ?
– Preservativo imperfeito, professora !

Ao entrar na sala de aulas, a professora escorrega e dá um grande trambolhão. Na queda,a saia sobe-lhe até à cabeça.
Levanta-se imediatamente, toda irritada, ajeita-se, e pergunta aos alunos :
– Luisinho, o que é que viu ?
– Vi os seus joelhos, professora.
– Um dia de suspensão ! E o Carlinhos ?
– Vi as suas coxas, professora.
– Um mês de suspensão. E o

Joãozinho ?
O Joãozinho pega nos cadernos e dirige-se para a porta de saída da aula :
– Bom, pessoal… até para o ano que vem …

É época dos exames finais e a professora

Mandou os seus brilhantes alunos escreverem uma redacção, onde fossem tratados os seguintes temas :
1 – Religião, 2 – Monarquia, 3 – Sexo, 4 – Mistério.
Passado meio minuto, Joãozinho levanta a mão e diz que terminou.
A professora, sem acreditar, pede-lhe que leia a sua redacção.
Ele levanta-se, pega na folha de papel, coça a garganta e diz :
‘Meu Deus! Foram ao cú à Rainha! Quem terá sido ?

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *