Confissão

Para facilitar a confissão das mulheres que pulavam a cerca, o padre da pacata cidadezinha do interior acunhou uma expressão idiomática: “Padre, eu caí no buraco”.
Um dia, o velho padre bateu as botas. Logo no primeiro dia de trabalho, o seu sucessor se viu surpreendido com o fato de que várias mulheres fizessem sempre a mesma confissão: “Padre, eu caí no buraco”.
No sábado seguinte, durante um jantar que o Prefeito e sua esposa haviam preparado para lhe dar as boas vindas, o padre arriscou:
– Senhor Prefeito, eu acho que o senhor precisa cuidar um pouco mais das ruas da cidade! Muitas mulheres estão vindo reclamar para mim que toda hora estão caindo num buraco!
O Prefeito, que já sabia da história, caiu na gargalhada.
– E o senhor ainda ri? – se irritou o padre – Pois saiba que a sua esposa já caiu três vezes só nesta semana!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *