MUITO URGENTE – CONTAS DA PT

“PT – Nova tentativa de nos ” lixarem …”

Caros amigos,

Acabei de receber um email da PT dizendo que eu teria por pagar a factura de Agosto.

ERA INDICADO O NÚMERO DA FACTURA PARA EU ” CLICAR ”
PARA SABEREM OS RESTANTES DETALHES.

Como as minhas contas são pagas no Banco, sabia que não podia ser e NÃO CLIQUEI.

Se tivesse clicado, o “haecker” teria acesso ao meu PC.

Reclamei logo, por email, para a PT que informou estarem a ser enviados emails frau-dulentos.

SE RECEBEREM UMA MENSAGEM DESTE TEOR, NÃO ABRAM !

E NÃO CLIQUEM NO NÚMERO DA FACTURA
!.

SE TIVEREM DÚVIDAS, ANOTEM À PARTE, SEM CLICAR EM NENHUM SÍTIO,
E DEPOIS FAÇAM A RECLAMAÇÃO .

MAS JÁ SABEM DO QUE SE TRATA…

AVISEM OS VOSSOS AMIGOS

Sacanagem! …

Sacanagem! …

A Bicicleta

O Português é lindo…. mas também “traiçoeiro”….dá para tanta coisa.

Uma velha morreu e dentro da capela estava muita gente a velar por ela…

Cá fora passou um rapaz com a sua velha bicicleta…parou a bicicleta ao
lado das escadas e entrou na igreja para se despedir da velha senhora!

Quando chegou cá fora, reparou que lhe tinham roubado a bicicleta e começou
a chorar compulsivamente.

Nisto passa uma senhora na rua e, cheia de pena do rapaz, pensando que ele
chorava pela vizinha, diz-lhe: “Não fiques assim, meu filho…ela já era
velhinha!”.O rapaz, muito indignado, responde: “Era velhinha, mas eu montava
nela todos os dias!”.

Sexo, Super sexo e Amor.

Sexo, Super sexo e Amor.

Uma mulher mais velha explicava a uma amiga bem mais nova o que era SEXO, SUPER-SEXO e AMOR.

– “Sexo é quando um homem te dá regularmente 5 mil euros por mês, te leva a um bom restaurante e depois te leva para a cama.

Super-sexo é quando um homem te dá regularmente 10 mil euros por mês, te leva a um restaurante francês em Paris e depois te leva para a cama.

– E Amor? – pergunta a mais nova

– Amor é uma asneira que os pobres inventaram para te comer de graça”.

A morte do Padre!

A morte do Padre!

Meus caros… Esta merece 20 valores

A morte do Padre!

O Português ainda consegue ter sentido de humor.
O velho padre, durante anos, tinha trabalhado fielmente com o povo africano, mas voltou a Lisboa, doente e moribundo. No Hospital de Santa Maria, é a notícia da hora.

Já nos últimos suspiros, ele faz um sinal à enfermeira, que se aproxima.

– Sim, Padre? diz a enfermeira.

– Eu queria ver dois proeminentes políticos antes de morrer: Cavaco Silva e Passos Coelho, sussurrou o padre.

– Sim, Padre, verei o que posso fazer, respondeu a enfermeira.

Ela entra em contacto com a Assembleia da República e logo recebe a notícia: ambos também gostariam muito de visitar o padre moribundo.

A caminho do hospital, Cavaco diz a Passos Coelho:

– Eu não sei porque é que o velho padre nos quer ver, mas certamente que isso vai ajudar a melhorar a nossa imagem perante a Igreja e o povo, o que é sempre bom.
Passos Coelho concordou, naturalmente.

Era uma grande oportunidade para eles, em queda no nível de popularidade, pelo que até foi enviado um comunicado oficial à imprensa sobre a visita.

Quando chegaram ao quarto, com toda a imprensa presente, o velho padre pegou na mão de Cavaco Silva, com sua mão direita e na mão de Passos Coelho, com sua esquerda.

Houve um grande silêncio e notou-se um ar de pureza e serenidade no semblante do padre.

Passos Coelho, morto de curiosidade, pergunta:

Padre, porque é que fomos nós os escolhidos, entre tantas pessoas, para estar ao seu lado, no seu fim?

O Padre, lentamente, disse:

– Sempre, em toda a minha vida, procurei ter como modelo o Nosso Senhor Jesus Cristo.

– Amém, diz Aníbal.

– Amém, diz Passos.

E o Padre concluiu:

– Então… como Ele morreu entre dois ladrões, eu quero fazer o mesmo!!!