o amor

O amor é como uma bolinha de mercúrio na mão.
Se a palma ficar aberta, ela permanece.
Agora tenta prendê-la e verás ela a escapar.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *