Era uma vez…

Era uma vez um casal que tinha um filho de dez anos e um burro.

Decidiram viajar e conhecer o mundo.

Assim, foram os três no seu burro.

Ao passar por um povoado, todos comentaram: “Vejam que menino mal educado; em cima do burro e os pobres pais, a puxar as rédeas.”

Então, a mulher disse ao marido: Vamos permitir que essa gente fale mal do menino?

E o marido resolveu. Tirou o menino e subiu ele no lombo do burro.
E no segundo povoado, Todos murmuravam: “Vejam que homem mais malandro; Vai bem cómodo em cima do burro enquanto a mulher e o filho vão puxando as rédeas”

Então, tomaram a decisão de colocar a mulher no lombo do burro, enquanto pai e filho puxavam as rédeas. Ao passar pelo terceiro povoado, todos comentavam: “Pobre homem. Depois de trabalhar o dia inteiro, ainda tem que levar a mulher sobre o burro! E pobre filho que espera dessa mãe!”

Entraram então num acordo e decidiram subir os três no lombo do burro para começar novamente sua peregrinação.

Ao chegarem no povoado seguinte, todos comentavam: “São mesmo umas bestas, será que não vêm que podem partir a coluna do pobre animal.!”

Por último, decidiram descer os três e caminharem ao lado do burro.

Porém ao passarem pelo povoado seguinte, ouviram todos sorridentes dizerem: “Vejam só estes três idiotas: caminham, quando têm um burro que poderia levá-los”

Conclusão …

Sempre te vão criticar, falarão mal de ti e será difícil encontrar alguém que concorde com as tuas atitudes.

Então:

Vive como gostas!
Faz o que te diz o coração!
Faz o que sentes!
“A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso:
Canta, ri, dança, ama . . . e vive intensamente cada momento da tua vida, que é muito preciosa. vive-os !!!
antes que se fechem-se as cortinas
e a peça termine sem aplausos!!!
Charlie Chaplin”

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *