Um Alentejano em Lisboa…

Um dia estava um Alentejano sentado num banco de um autocarro muito descansado tendo o banco seu lado cheio de malas, quando uma senhora se aproximou dele e diz:

– Queira desculpar-me mas todos os bancos do autocarro estão ocupados e o senhor tem aqui tantas malas a ocupar este banco se não se importa será que pode retirá-las para eu me sentar?

E o Alentejano responde:

– Ó rama ó que linda rama….

A senhora ficou muito chateada e diz:

– Queira desculpar-me mas como paguei tenho o direito de me sentar.

E ele volta a responder:

– Ó rama e ó que linda rama…

A senhora furiosa dirige-se ao revisor e explica-lhe a situação, este dirige-se ao homem e diz-lhe:

– Faça o favor de retirar daí as malas ou eu atiro-as pela janelas fora.

O homem volta a responder:

– Ó rama ó que linda rama….

O revisor irritado abre a janela e atira as malas pela janela fora. Visto isto o Alentejano responde:

– Ó rama e ó que linda rama, e ó rama das oliveirinhas agora é que estás tramado que as malas não eram minhas.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *