Daltónico o cara … ças!!!

Numa noite alta, um senhor bem vestido, ao chegar de viagem, apanha um táxi no aeroporto e pede ao taxista para levá-lo para casa.

No caminho, vê uma senhora, também muito bem vestida, a entrar numa discoteca chamada ‘Dito e Feito’.

Tendo reconhecido a mulher, ele pede ao taxista que volte à porta da discoteca. Tira do bolso um maço de notas e diz:

– Aqui estão mil euros. São seus se você tirar de dentro da discoteca aquela mulher vestida de vermelho que acaba de entrar. Mas vá tirando e dando-lhe uma valente carga de porrada, sem problemas, porque aquela desgraçada é a minha esposa!

O taxista, que andava com dificuldades financeiras, aceita sem pensar duas vezes e entra pela discoteca a dentro.

Cinco minutos depois ele sai, arrastando uma mulher pelos cabelos, com o rosto a sangrar, toda desgrenhada, e a gritar todas as asneiras que se possa imaginar.

O senhor no táxi vê a cena e percebe, horrorizado, que a mulher está vestida de verde e sai a correr para alertar o taxista do erro.

– Pare! Pare! O senhor enganou-se. Como é que você confundiu vermelho com verde? O senhor é daltónico?

Ao que o taxista responde:

– Daltónico é o caraças! Esta é a minha… Já volto lá para trazer a sua!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *