Coitado do Mário…

Num hospital, havia só um médico e várias enfermeiras e médicas…

Vira-se uma para a outra:

– Sabes quem é que morreu?

– Não!

– O Mário!

– Não! Buááááááá, o Mário morreu!

Depois noutro corredor:

– Olha, (snif, snif) o Mário morreu.

– Buáááááááááááá.

E a notícia vai-se espalhado corredor em corredor até que chega aos ouvidos do médico:

– Olhe, Dona Inês: quem é que morreu?

– F-f-f-oi o-o-o- M-M-Mário sr. D-D-D-outor.

– Onde é que ele está?

– Na, na, na Moregueeeeeeee. Buáááááááááááááá!

E o médico dirige-se à morgue, encontra-o e tira-lhe o lençol que estava por cima do cadáver…e repara que o “instrumento” do Mário era realmente fora do vulgar…

– Eu já resolvo isto… E agarra no canivete e Zaaappp. Põe no bolso esquerdo das calças e vai para casa.

Em casa:

– Papá, tens Bombons?

– No bolso direito meninos, no direito.

Mas a esposa do médico estranha ele designar o bolso e decide investigar. De noite ela dirige-se às calças do marido, põe a mão no bolso e depara com o “Bicho”.

– ÀÀÀÀÀÀÀÀÀ!

– O que foi paula?

– O Mário morreu!!!!!!!! Buáááááááááááá.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *