O genro bêbado

Após a cerimônia de cremação da velha, todos os familiares e amigos se encontram reunidos ao redor da urna contendo as cinzas e olhando o forno ainda quente.

Depois de alguns minutos, em que muitos murmuravam diante da cena, o genro, que havia bebido todas, pede a palavra para discursar. Sobe em uma cadeira com dificuldade e, na maior comoção etílica:

— E agora, meus amigos, uma salva de palmas pro churrasqueiro!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *