Senhor Padre, eu caí!

Numa aldeia pecava-se demais! O velho padre, cansado de ouvir tantas confissões envolvendo o desagradável termo “adultério”, combinou um código com os seus paroquianos. Sempre que alguém perdesse a cabeça teria simplesmente de dizer: “Senhor Padre, eu caí!”.

E pronto, sempre que alguém confessava ter “caído”, o velho padre já sabia do que se tratava. Mandava o pecador rezar três Ave-marias e um Pai-nosso, e a coisa ficava por ali.

Os anos passaram e, o velho padre partiu deste mundo, sem ter tido tempo de avisar o seu sucessor do código combinado.

Um dia, o jovem padre, espantado com tanta queda, dirigiu-se ao Presidente da Câmara para lhe expor a estranha situação:

– O Sr. Presidente vai-me desculpar, não me quero meter no seu trabalho, mas tem os passeios numa lástima! Não passa um dia sem que muitos dos meus paroquianos se queixem de ter caído…

O presidente solta uma gargalhada e antes de esclarecer a situação, o jovem padre continua:

– E não se esteja a rir Sr. Presidente, que a sua esposa, coitada, só esta semana já caiu três vezes!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *