Os sacrifícios do Cavaco

Na sua viagem aos Açores, que termina amanhã, Cavaco Silva fez-se acompanhar da primeira-dama e de uma comitiva de 30 pessoas que inclui o chefe da Casa Civil (e senhora), quatro assessores, dois consultores, doze elementos da Segurança, dois fotógrafos oficiais, um médico pessoal, uma enfermeira, dois bagageiros e um mordomo. Não foi possível confirmar se um dos três elementos por identificar é uma fadista privativa.

Naturalmente, ninguém está imune aos sacrifícios.

(Copiado do blogue “Da Literatura”)

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *