Avaliação de desempenho

O dono de um talho foi surpreendido pela entrada de um cão dentro da loja.

Enxota-o mas o cão volta a entrar. Volta a enxotá-lo e repara que o cão traz um bilhete na boca. Apanha o bilhete e lê:

– Mandas-me 12 salsichas e uma perna de carneiro, por favor?

Também repara que o cão tem na boca uma nota de 50 euros. Avia o cão e põe-lhe o saco de compras na boca.

Impressionado e, como estava para fechar, resolve seguir o cão.
O cão desce a rua, chega aos semáforos e, com um salto, carrega no botão para ligar o sinal verde. Aguarda a mudança de cor do sinal, atravessa a estrada e segue rua abaixo.

O talhante estava perplexo! Ele e o cão caminham pela rua, quando o cão parou à porta de uma casa e pôs as compras no passeio.
Vira-se um bocado, correu e atirou-se contra a porta. Repetiu o acto mas ninguém lhe abre a porta.

Contorna a casa, salta um muro e, numa janela, começa a bater com a cabeçano vidro várias vezes, retornando para a porta.

De repente, aparece um tipo enorme a abrir a porta e começa a bater no cão.

O talhante corre até ao homem, tenta-o impedir de bater mais no cão e diz-lhe bastante indignado:

– Ó homem, o que é que está a fazer? O seu cão é um génio!

O homem responde:

– Um génio? Já é a segunda vez esta semana que este cão estúpido se esquece das chaves!

Moral da história:

Podes continuar a exceder as expectativas, mas… a tua avaliação depende sempre da competência de quem te avalia…

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *