O trabalho pode matar

O Conselho de Administração mandou investigar porque é que ninguém reparou num dos seus funcionários que estava sentado na sua secretária há cinco dias, MORTO.

Numa Segunda-feira, o citado funcionário de 49 anos que trabalhava para a empresa há 25, sofreu um ataque cardíaco no local de trabalho, um amplo open space. Nesse espaço trabalhavam mais 19 funcionários.

Nessa segunda-feira morreu tranquilamente sentado na secretária sem ninguém reparar, até que no sábado de manhã a empregada de limpeza foi perguntar-lhe porque estava a trabalhar no fim de semana.

Questionado o seu chefe:

Bem, ele era sempre o primeiro a chegar e o ultimo a sair, pelo que ninguém estranhou que estivesse sempre na mesma posição e nada dissesse. Ele estava sempre muito calado, concentrado no seu trabalho.

A autópsia confirmou o ataque cardíaco e morte há cinco dias.

A MINHA SUGESTÃO:

Não fiquem sempre calados. De vez em quando acenem aos vossos colegas de trabalho, certifiquem-se que eles estão vivos e mostrando-lhes que também está.

MORAL DA HISTÓRIA:

Nunca trabalhem demasiado. Não vale a pena pois ninguém repara

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *