A inocência…

Os miúdos e a inocência
Uma garotinha perguntou à mãe:
– “Mamã, posso levar a cachorrinha para andar em volta do quarteirão? ”

A mãe respondeu:
– “Não, porque ela está no cio.”
– “O que é isso?”, perguntou a menina.

– “Vá perguntar ao seu pai. Acho que ele está na garagem.”

A garotinha foi até à garagem e disse:
– “Pai, posso levar a Lu laBelle para uma volta no quarteirão? Eu pedi à mãe, mas ela disse que a cachorrinha está no cio, então eu vim falar com o pai…”

O pai disse:
– “Traga a LulaBelle aqui.”
Então pegou num pano, embebeu-o com gasolina e esfregou as costas da cachorrinha com o pano a fim de disfarçar o cheiro, e disse:
– “Tudo bem, pode ir, mas mantenha LulaBelle na coleira e só dê uma volta ao quarteirão.”
A garotinha saiu e voltou poucos minutos depois sem a cachorrinha na coleira. Surpreso, o pai perguntou:
– “Onde está a LulaBelle?”

(VAIS ADORAR ESTA RESPOSTA !)

A garotinha disse:
– “Acabou a gasolina dela a meio do quarteirão e por isso, outro cachorro está a empurrá-la até nossa casa.”

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *