ANEDOTAS COM HUMOR

ANEDOTAS COM HUMOR

Um navio naufraga em alto-mar e os dois únicos sobreviventes, um homem e a Marisa Cruz, conseguem chegar a uma pequena ilha deserta, onde logo se ajeitam para esperar que apareça alguma ajuda. Assim, eles vão vivendo despreocupados a comerem o que pescavam e o que colhiam na ilha e a dormirem numa cabana de palha. Tinham algumas roupas que chegaram com a maré e, depois de algum tempo, começaram a namorar…;) a vida corria tranquilamente.
Um dia o homem estava muito acabrunhado e pensativo, e a Marisa Cruz pergunta:
– O que se passa? Pareces insatisfeito ou chateado. Fiz alguma coisa que não gostasses?
– Não, não é nada. É que eu tenho umas vontades aqui comigo e fico envergonhado.
– E é por isso que não falas?
– Pois, é um bocado chato… fico embaraçado…
– Mas o que é, alguma fantasia?
– É…
– Então fala!
– Tu alinhas?
– Claro, só estamos nós dois aqui na ilha!
– Eu queria que te vestisses de homem.
– De homem?!!!!!
– Sim. Vai lá à cabana, veste umas roupas minhas, prende o cabelo, faz um bigode e, depois, caminha na minha direcção.
– Só isso?
– Só. Vá, despacha-te.
– Está bem.
Quando a Marisa Cruz “homem” se aproxima, o homem chega perto dela, dá-lhe uma palmada amistosa nas costas e grita:
– Ehhh pá! Nem imaginas quem eu ando a comer!!!

________________________________________________________________________________

Duas mulheres, acompanhadas de um esbelto rapaz, vão consultar o Rei Salamão.
– Salamão! – diz a primeira.
– Este rapaz prometeu casar-se com a minha filha.
E a outra:
– É mentira! Ele prometeu casar-se foi com a MINHA filha.
E ficaram neste bate-boca por alguns minutos, até que Salamão sentenciou:
– Tudo bem! Vou cortar o rapaz em dois e cada uma de suas filhas ficará com uma das metades.
– Por mim, tudo bem! – responde a primeira.
– Não, Salamão! – implora a segunda.
– Não faça isso! Deixe a filha desta outra mulher casar-se com ele.
E então, Salamão proclama:
– Ordeno que o rapaz se case com a filha da primeira mulher.
– Mas, Majestade! – reclama a segunda mulher.
– Ela não se importou quando o senhor disse que iria cortá-lo em dois.
– Por isso, mesmo! Isto prova que ela deve ser a verdadeira sogra!

________________________________________________________________________________

Está um gajo descansadinho da vida sentado no seu sofá, a ver o futebol, quando de repente vinda não se sabe muito bem de onde, leva com uma frigideira na cabeça.
O desgraçado, de joelhos no chão, vendo estrelas por todo o lado, volta-se para a mulher:
– Atão!?!?!? Tás parva ou quê??!? O qu’é que se passou???
– Isto é pelo bilhete que acabei de encontrar no bolso das tuas calças, e que tem o nome Marilu e o número 7500589, respondeu ela.
– Vê-se mesmo que és estúpida!!!!
Isso foi da última vez que fui às corridas de cavalos.
Marilu era o nome do cavalo, 7500 foi o valor que eu apostei, 58 era o nº do cavalo e 9 a corrida em que o cavalo entrou…Vai pr’á cozinha e não me chateies mais! Tarada….
Dassssse!!!
E ela:
– Errei… Mas… Bom… Quer dizer…. Ò meu amor desculpa, desculpa, não volta a acontecer…
Passados 2 dias está o homem outra vez descansadinho da vida, a ver os resumos da bola, quando…… PUUUMMMMMMMM, leva com a panela de pressão nos cornos…
Completamente tonto, deitado no chão e ainda não refeito da pancada, grita:
– Porra, pá!!! Atão?!?! Outra vez!!!! O que é que foi agora?
A mulher responde:
– O teu cavalo está ao telefone…!!!

________________________________________________________________________________

O Zé Forreta resolveu ser generoso e, quando saiu da discoteca, colocou algo no bolso do porteiro e disse:
– Este é para o senhor tomar um whisquinho.
O porteiro, com medo que o forreta se arrependesse e quisesse de volta, pôs a mão no bolso.
Eram duas pedrinhas de gelo.